MPS.BR

MPS.BR – Níveis de maturidade e capacidade

O que é o MPS.BR?

O MPS.BR é um programa para a Melhoria do Processo de Software Brasileiro, promovido pela Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (SOFTEX), contando com o apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) .

Quais os Objetivos do MPS.BR?

Busca-se  que  o  MPS.BR  seja  adequado  ao  perfil  de  empresas  com  diferentes tamanhos  e  características,  públicas  e  privadas,  embora  com  especial  atenção  às micro,  pequenas  e  médias  empresas.  Também  se  espera  que  o  MPS.BR  seja compatível  com  os  padrões  de  qualidade  aceitos  internacionalmente  e  que  tenha como pressuposto o aproveitamento de toda a competência existente nos padrões e modelos de melhoria de processo  já disponíveis.

Como é organizado o MPS.BR?

O MPS.BR baseia-se nos conceitos de maturidade e capacidade de processo para a avaliação e melhoria da qualidade e produtividade de produtos de software e serviços correlatos. Dentro desse contexto, o MPS.BR possui três componentes:

  • Modelo de Referência (MR-MPS),
  • Método de Avaliação (MA-MPS) e
  • Modelo  de Negócio (MN-MPS).

Os níveis de maturidade estabelecem patamares de evolução de processos, caracterizando estágios de melhoria da implementação de processos na organização. O nível de maturidade em que se encontra uma organização permite prever o seu desempenho futuro ao executar um ou mais processos. O MR-MPS define sete níveis de maturidade:

  • A (Em  Otimização) – Este  nível  de  maturidade  é  composto  pelos  processos  dos  níveis  de  maturidade anteriores  (G  ao  B),  acrescido  do  processo  Análise  de  Causas  de  Problemas  e Resolução.
  • B (Gerenciado Quantitativamente) – Este  nível  de  maturidade  é  composto  pelos  processos  dos  níveis  de  maturidade anteriores  (G  ao  C),  sendo  que  ao  processo  Gerência  de  Projetos  são acrescentados novos resultados.
  • C (Definido) – O  nível  de maturidade C  é  composto  pelos  processos  dos  níveis  –  de maturidade anteriores  (G  ao  D),  acrescidos  dos  processos  Análise  de  Decisão  e  Resolução,Desenvolvimento para Reutilização e Gerência de Riscos. Neste nível, o  resultado GRU  3  do  processo  Gerência  de  Reutilização  (GRU)  evolui  para  adequar  esse processo  aos  resultados  do  processo  Desenvolvimento  para  Reutilização  (DRU).
  • D (Largamente Definido) – O  nível  de  maturidade  D  é  composto  pelos  processos  dos  níveis  de  maturidade anteriores  (G  ao  E),  acrescidos  dos  processos  Desenvolvimento  de  Requisitos, Integração do Produto, Projeto e Construção do Produto, Validação, e Verificação.
  • E (Parcialmente Definido) – O  nível  de  maturidade  E  é  composto  pelos  processos  dos  níveis  de  maturidade anteriores  (G  e  F),  acrescidos  dos  processos  Avaliação  e  Melhoria  do  Processo Organizacional,  Definição  do  Processo  Organizacional,  Gerência  de  Recursos Humanos e Gerência de Reutilização. O processo Gerência de Projetos  sofre  sua primeira evolução  retratando  seu novo propósito: gerenciar o projeto  com base no processo  definido  para  o  projeto  e  nos  planos  integrados.
  • F (Gerenciado) – O  nível  de  maturidade  F  é  composto  pelos  processos  do  nível  de  maturidade anterior  (G)  acrescidos  dos  processos  Aquisição,  Gerência  de  Configuração, Garantia  da  Qualidade  e  Medição.
  • G (Parcialmente Gerenciado) – O  nível  de  maturidade  G  é  composto  pelos  processos  Gerência  de  Projetos  e Gerência de Requisitos.

A escala de maturidade se inicia no nível G e progride até o nível A. Para cada um destes sete níveis de maturidade é atribuído um perfil de processos que indicam onde a organização deve colocar o esforço de melhoria. O progresso e o alcance de um determinado nível de maturidade do MR-MPS se obtém quando são atendidos os propósitos e todos os resultados esperados dos respectivos processos e dos atributos de processo estabelecidos para aquele nível.

Nível Processo Propósito
A Análise de Causas de Problemas e Resolução – ACP O propósito do processo Análise de Causas de Problemas e Resolução é identificar causas  de  defeitos  e  de  outros  problemas  e  tomar  ações  para  prevenir  suas ocorrências no futuro.
B Gerência de Projetos – GPR (evolução) Este  nível  de  maturidade  é  composto  pelos  processos  dos  níveis  de  maturidade anteriores  (G  ao  C),  sendo  que  ao  processo  Gerência  de  Projetos  são acrescentados novos resultados. Este nível não possui processos específicos.
C Gerência de Riscos – GRI O propósito do processo Gerência de Riscos é  identificar, analisar,  tratar, monitorar e reduzir continuamente os riscos em nível organizacional e de projeto.
Desenvolvimento para Reutilização – DRU O  propósito  do  processo  Desenvolvimento  para  Reutilização  é  identificar oportunidades de reutilização sistemática na organização e, se possível, estabelecer um  programa  de  reutilização  para  desenvolver  ativos  a  partir  de  engenharia  de domínios de aplicação.
D Verificação – VER O propósito do processo Verificação é confirmar que cada serviço e/ou produto de trabalho  do  processo  ou  do  projeto  atende  apropriadamente  os  requisitos especificados.
Validação – VAL O propósito do processo Validação é confirmar que um produto ou componente do produto atenderá a seu uso pretendido quando colocado no ambiente para o qual foi desenvolvido.
Projeto e Construção do Produto – PCP O propósito do processo Projeto e Construção do Produto é projetar, desenvolver e implementar soluções para atender aos requisitos.
Integração do Produto – ITP O  propósito  do  processo  Integração  do  Produto  é  compor  os  componentes  do produto, produzindo um produto  integrado consistente com o projeto, e demonstrar que os requisitos funcionais e não-funcionais são satisfeitos para o ambiente alvo ou equivalente.
Desenvolvimento de Requisitos – DR O propósito do processo Desenvolvimento de Requisitos é estabelecer os requisitos dos componentes do produto, do produto e do cliente.
E Gerência de Projetos – GPR (evolução)
Gerência de Reutilização – GRU O propósito do processo Gerência de Reutilização é gerenciar o  ciclo de  vida dos ativos reutilizáveis.
Gerência de Recursos Humanos – GRH O propósito do processo Gerência de Recursos Humanos é prover a organização e os  projetos  com  os  recursos  humanos  necessários  e  manter  suas  competências consistentes com as necessidades do negócio.
Definição do Processo Organizacional – DFP O  propósito  do  processo  Definição  do  Processo  Organizacional  é  estabelecer  e manter um conjunto de ativos de processo organizacional e padrões do ambiente de trabalho usáveis e aplicáveis às necessidades de negócio da organização.
Avaliação e Melhoria do Processo Organizacional – AMP O  propósito  do  processo  Avaliação  e  Melhoria  do  Processo  Organizacional  é determinar o quanto os processos padrão da organização contribuem para alcançar os  objetivos  de  negócio  da  organização  e  para  apoiar  a  organização  a  planejar, realizar e  implantar melhorias contínuas nos processos com base no entendimento de seus pontos fortes e fracos.
F Medição – MED O propósito do processo Medição é coletar, analisar e relatar os dados relativos aos produtos desenvolvidos e aos processos implementados na organização e em seus projetos, de forma a apoiar os objetivos organizacionais.
Garantia da Qualidade – GQA O  propósito  do  processo Garantia  da Qualidade  é  assegurar  que  os  produtos  de trabalho  e  a  execução  dos  processos  estejam  em  conformidade  com  os  planos  e recursos predefinidos.
Gerência de Configuração – GCO O  propósito  do  processo  Gerência  de  Configuração  é  estabelecer  e  manter  a integridade  de  todos  os  produtos  de  trabalho  de  um  processo  ou  projeto  e disponibilizá-los a todos os envolvidos.
Aquisição – AQU O  propósito  do  processo  Aquisição  é  gerenciar  a  aquisição  de  produtos  e/ou serviços que satisfaçam a necessidade expressa pelo adquirente.
G Gerência de Requisitos – GRE O propósito do processo Gerência de Projetos é estabelecer e manter planos que definem  as  atividades,  recursos  e  responsabilidades  do  projeto,  bem  como  prover informações sobre o andamento do projeto que permitam a realização de correções quando houver desvios significativos no desempenho do projeto.
Gerência de Projetos – GPR O  propósito  do  processo  Gerência  de  Requisitos  é  gerenciar  os  requisitos  dos produtos e componentes do produto do projeto e identificar inconsistências entre os requisitos, os planos do projeto e os produtos de trabalho do projeto.

Bibliografia

SOFTEX. MPS.BR – Melhoria do Processo de Software Brasileiro: Guia Geral, versão 1.2. São Paulo: SOFTEX, 2007.

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s